Início Esportes Momento chocante em que goleiro brasileiro é baleado por policial com bala...

Momento chocante em que goleiro brasileiro é baleado por policial com bala de borracha… explosão de boate é um ‘ato inacreditável e criminoso’

33
0

  • OUÇA: Junte-se a nós enquanto debatemos os MAIORES pontos de discussão sobre Está tudo começando! EUROS DAILY. Disponível onde quer que você obtenha seus podcasts
  • A polícia militar confirmou que iniciou uma investigação sobre o incidente
  • Grêmio Anápolis emitiu nota condenando ato ‘covarde’ do dirigente

Este é o momento chocante em que um goleiro brasileiro foi baleado com uma bala de borracha por um policial durante uma partida da seleção juvenil.

A polícia brasileira iniciou uma investigação sobre o incidente ocorrido durante uma partida entre Grêmio Anápolis e Centro Oeste.

Centro Oeste venceu a partida por 2 a 1 antes de uma briga acontecer após o last do tempo regulamentar, segundo jornal brasileiro Globo.

Um policial foi flagrado atirando uma bala de borracha no goleiro do Grêmio Anápolis, Ramon Souza, após a briga.

Souza foi visto mancando após o incidente chocante, com seu clube confirmando que ele havia recebido tratamento após levar um tiro na perna.

Um clube de futebol brasileiro denunciou um ‘ato criminoso’ após um jogador ser baleado com uma bala de borracha

Imagens mostram o policial disparando uma bala de borracha contra o goleiro do Grêmio Anápolis, Ramon Souza

Imagens mostram o policial disparando uma bala de borracha contra o goleiro do Grêmio Anápolis, Ramon Souza

A equipe classificou o incidente como um “ato criminoso” e prometeu garantir que o policial responsável seja punido.

‘O Grêmio Anápolis vem a público repudiar o lamentável, ridículo e revoltante acontecimento, no Estádio Jonas Duarte, na noite desta quarta-feira, pela décima segunda rodada da Divisão de Acesso.

‘Após o término da partida contra o Centro-Oeste, nosso goleiro Ramon Souza foi covardemente atingido por uma bala de borracha, disparada por um policial.

‘Um ato horrível, inacreditável e criminoso de alguém que deveria prezar pela segurança e integridade das pessoas que estavam no Estádio Jonas Duarte.

‘O dia 10 de julho é marcado por um ato violento, sujo e horrível contra um dos nossos jogadores, que nunca será esquecido.

‘A GEA informa que tomará as medidas cabíveis, para que o responsável seja punido e que a justiça seja feita, para que esse ato CRIMINOSO não fique impune.

‘Nosso goleiro foi atendido em campo pelo médico do GEA, Dr. Diego Bento, que realizou os primeiros socorros.’

AVISO – CONTEÚDO GRÁFICO

O Grêmio Anápolis publicou fotos de Souza após o incidente com o goleiro fotografado com um curativo na perna.

Um membro da equipe médica foi visto jogando água na perna dele para remover o sangue, enquanto o goleiro parecia em agonia.

Outra foto mostrava Souza em uma maca, enquanto o clube posteriormente publicou uma imagem do impacto da bala de borracha em sua perna.

A Polícia Militar do Estado de Goiás confirmou que instaurou inquérito para apurar o ocorrido.

“A Polícia Militar informa que foi decretada de imediato a instauração de procedimento administrativo para apurar os fatos com o devido rigor”, diz o comunicado.

‘A Polícia Militar de Goiás reafirma seu compromisso com o cumprimento da lei e reitera que não compactua com qualquer desvio de conduta praticado por seus integrantes.’

Fonte