Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Star Wars: 8 motivos porque os prequels não chegam aos pés da trilogia original

Os fãs da saga Star Wars esperaram por mais de 20 anos para ver o objeto de sua adoração de volta às telas mas… quando ele finalmente voltou… bem… as coisas não saíram muito como esperado. É claro que a trilogia original tem lá os seus defeitos (especialmente nos filmes dirigidos pelo próprio George Lucas) mas os prólogos foram longes demais e irritaram (e muito) aos fãs de longa data. Aqui 8 motivos por que os prequels não conseguiram ter nem metade do impacto dos filmes originais.

Falta de um herói com quem se identificar

tumblr_inline_nz7y6tGNp31szmjhd_500

A trilogia original de Star Wars é baseada na jornada do herói, esse, na figura de Luke Skywalker e sua evolução de um fazendeiro a um Jedi. Teoricamente os prequels deveriam fazer o mesmo, mas contando como Anakin se tornou Darth Vader. É claro que eles acabaram por seguir por esse caminho, mas o Anakin começa um tanto deslocado em A Ameaça Fantasma (era um menininho fofo e talz, mas… não foi a mesma coisa…), ganha certo espaço em O Ataque dos Clones, mas é só em A Vingança dos Sith que o vemos tomar alguma posição central na trama. Então quem é o herói na nova trilogia? Obi – Wan? Padmé? Os clones? O mestre Sifo Dyas??

Falta um vilão!

tumblr_n0r9iajlML1ts4ubeo1_500

É claro que foi muito interessante ter a figura do Mestre Sidius como uma presença fantasmagórica por trás de tudo, mas falta um antagonista a altura de Darth Vader. Darth Maul é bem bacana, mas entra quieto e sai calado. Dooku só aparece na segunda metade do filme, só para morrer nos primeiros minutos do terceiro e o General Grievous foi apresentado na série animada mas simplesmente jogado em A Vingança dos Siths.

Explicações demais

nx57t

George Lucas tenta responder a algumas perguntas que ninguém fez; por exemplo; quem fez o C3PO? O Anakin? Jura? Para que exatamente um garoto escravo constrói um robô de protocolo? E Midi-Clorians? Enquanto Yoda nos ensinou lá atrás nos anos 80 que a força é algo espiritual que pode ser trabalhado através da disciplina e da meditação, em 99 George Lucas resolveu cuspir para cima e dar uma explicação “biológica”…  Não colou….

Obsessão pelo digital

de8716a00c12512a0b8015591795b978

O próprio George Lucas costumava dizer que os efeitos especiais devem auxiliar a história, que efeitos por efeitos são chatos…. bem… com a maioria dos cenários e personagens construídos digitalmente, os novos filmes passam uma sensação irreal. Mais do que isso, ao assistir A Ameaça Fantasma e O Ataque dos Clones hoje em HD parece que estamos vendo gráficos de um vídeo game meia boca. Nem mesmo os clones eram reais… qual a dificuldade de vestir meia dúzia de dublês com um uniforme branco? E era realmente necessário ter um Yoda saltitando pra lá e pra cá com um sabre de luz? (Se bem que eles haviam conseguido a proeza de fazer um boneco pior que o original no episódio I….). Além do mais, por mais que os atores se esforcem, eles eram obrigados a interagir com o vazio e fundos azuis… não tem atuação que salve…

Hayden Christensen

large

Sério que o George Lucas achou que esse cara era o Anakin Skywalker que ele estava procurando? Em sua primeira aparição o garoto é completamente apático e parece deslocado do restante do elenco (a maioria das cenas dele são levadas nas costas pelo Ewan Macgregor que fez um excelente trabalho como Obi Wan Kenobi). Em A Vingança dos Siths ele dá uma melhorada, uma amadurecida, mas ainda fica um pouco distante do ideal.

Relação Padmé/Anakin

tumblr_n9ezg0vBQV1ti4vuro1_500 tumblr_n9ezg0vBQV1ti4vuro2_500

O Ataque dos Clones está recheado de cenas enfadonhas da senadora e seu “guardas costas” numa pretensa lua de mel em Naboo… Eles esqueceram que ela estava sendo caçada por assassinos? O casamento, sem falas, ainda é uma cena bonita e que comunica com o final de O Império Contra Ataca….

No terceiro filme as coisas melhoram um pouco e a cena do nascimento de Luke e Leia paralela ao nascimento de Vader torna a relação dos três ainda mais forte. Mas agora… “ela perdeu a vontade de viver?”, me poupe….

As Guerras Clônicas

gifsanimados (17)

As guerras clônicas eram um evento muito aguardado pelos fãs da fraquia, tendo sido citadas em Uma Nova Esperança e sendo parte integrante do universo estendido, mas nós só vemos relances dos conflitos; toda a ação ficou restrita aos produtos paralelos, como os jogos de videogame e as animações para a TV. Tudo bem que é uma forma do estúdio arrecadar ainda mais dinheiro, mas se eu só assisto aos filmes eu não vejo absolutamente nada de guerra clônica.

Além do mais, a história da criação do exército de clones é completamente jogada. Afinal, quem é esse raio desse Sifo Dyas? (E quem dá esses nomes ambíguos pros mestres?)

Jar Jar Binks

1e8ePbC

Bem… nada a declarar…

Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Escrito por Vitor Moura

Vitor Moura

Geek, Gaymer, fanático por cinema e literatura. Recentemente mergulhou de cabeça no mundo das séries e não voltou mais. Não raro o verá trocando uma noite de balada por uma maratona de Netflix.

96 posts
  • ZeldaFan

    os prequels realmente não chegam aos pés dos originais. Mas eu gostei dos Eps 1 e 3. Só o 2 que foi ruim mesmo