Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Opinião: o árduo trabalho da dublagem

Quem nunca ouviu a voz de um personagem e acabou se lembrando de outro? Ou ainda reconhecendo a voz do dublador? Comigo isso sempre acontece. Principalmente, porque geralmente quem dubla um ator famoso uma vez, continua dublando-o sempre. Foi exatamente isso que aconteceu com Marco Ribeiro que sempre dubla Jim Carrey, Tom Hanks e Robert Downey Jr, entre outros. Aliás, a sua dublagem para o filme O Máskara foi feita exclusivamente para a Rede Globo.

Há muito tempo, eu defendo a dublagem brasileira, uma vez que é um trabalho super difícil, muitas vezes mal remunerado e com pouco prestígio, mas ou menos como ser professor. Acredito que, apenas no Japão, a dublagem tem sua devida consideração, uma vez que há verdadeiros fãs de dubladores de animes. Eu mesma acabo assistindo aos animes que a minha dubladora preferida (Rie Kugimiya) faz, mesmo quando não gosto muito do enredo.

Marco Ribeiro
Dublador Marco Ribeiro

Isso não quer dizer que eu prefira assistir a filmes dublados, na verdade prefiro assistir com legendas, mas não por não gostar da dublagem. Assistir a filmes legendados nos coloca em contado com a língua estrangeira, com o som original e com o texto original. Isso amplia o vocabulário e nos ajuda a compreender outra língua.

No entanto, sou totalmente a favor da dublagem de filmes e de desenhos, pois, se tudo fosse só legendado, as crianças e deficientes visuais jamais teriam a oportunidade de curtir um filme. Além disso, é uma forma de prestigiar o trabalho árduo do dublador, que muitas vezes consegue fazer melhor que o original. Sem contar que a dublagem brasileira é uma das melhores do mundo. Caso tenham dúvidas, tentem assistir a um filme com dublagem de outros países para tirarem a prova!

Muitos criticam severamente a diferença das traduções da legendagem e da dublagem, mas desconsideram que a sincronia labial deve ser perfeita e que muitas piadas não fariam sentidos se fosse traduzidas ao pé da letra. Para o publico infantil quanto mais próximo de sua cultura, mas ele apreciará o filme. Este foi o caso do anime Yu Yu Hakusho, dublado por Marco Ribeiro em 1997. O dublador ficou conhecido por sua dublagem no desenho por acrescentar frases como Chupa Cabra e Dane-se o mundo que eu não me chamo Raimundo. As crianças, que na época assistiam ao desenho, adoravam e finalmente um dublador ficou conhecido por seu trabalho.

Wendel Bezerra
Dublador Wendel Bezerra

Depois da morte de Alexandre Lippiani, Marco assumiu a voz de Woody em Toy Story. Hoje, se outra pessoa fizer a dublagem eu estranharia muito, assim como estranhei Mauro Ramos dublando o Shrek no lugar de Bussunda. Definitivamente, a voz do dublador é a identificação com o seu personagem.

O fato é que a dublagem brasileira não é ruim como muitos gostam de dizer. Claro que como consumidores devemos ter o direito de escolha e assim, escolher se queremos ver algo dublado ou legendando, e não apenas aceitar uma imposição do canal ou cinema. Foi exatamente o aconteceu com o canal AMC Brasil ao mudar a exibição de Fear the walking dead para legendado, mas deixando a opção com áudio dublado em português. Só me parece estranho que todo mundo reclame da dublagem brasileira como se o trabalho dessas pessoas fossem um lixo, mas quando tem algum artista global fazendo alguma dublagem, tudo pareça mais aceitável…

Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Escrito por Michele Lima

Michele Lima

Michele Lima, casada, formada em Letras, professora de espanhol, autora do blog O que tem na nossa estante, viciada em séries, filmes, livros e em animes!

322 posts