Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

As melhores séries adolescentes de todos os tempos

Ao longo dos anos muitas séries adolescentes fizeram sucesso, principalmente aquelas que não tratavam os jovens como pessoas bobinhas e inocentes. Além disso, mesmo destinada aos adolescentes, algumas inclusive conseguiam cativar um púbico mais adulto, abordando temas mais polêmicos e dramáticos! Abaixo, algumas das melhores séries para adolescentes de todos os tempos!

Pretty Little Liars

Rosewood é uma pequena cidade na Pensilvânia, tão tranquila que ninguém nunca imaginaria os segredos que ela esconde! Alison DiLaurentis (Sasha Pieterse), uma garota super popular, desapareceu há um ano, e todos acreditam que ela foi assassinada. Por isso, a amizade entre suas quatro inseparáveis amigas nunca mais foi a mesma, mas o destino une Aria (Lucy Hale), Emily (Shay Mitchell), Hanna (Ashley Benson) e Spencer (Troian Bellisario) novamente, e as quatro meninas começam a receber mensagens de texto de alguém chamado “A”, ameaçando revelar segredos que só Alison sabia. Pretty Little Liars até pode parecer bem superficial, mas quando você começa a assistir percebe que a série pode ser bem mais profunda e bem mais misteriosa do que aparenta, indo muito além de simples dramas adolescentes!

A série fez tanto sucesso que a ABC Family criou um aplicativo chamado Pretty Little Premiere Party, e alguns candidatos foram selecionados para fazer parte de um Secret Keeper Game, um jogo interativo para iPhones!

[youtube id=”lDR0nICerNg”]

Barrados no Baile

Eu diria que foi a mãe de todas as séries adolescentes! Está certo que com o tempo os protagonistas foram crescendo e a série passou a ser bem mais adulta, mas no inícios eram todos bem jovens.

Barrados no Baile começou mostrando a vida dos irmãos gêmeos Brandon e Brenda, que se mudam com os pais, Jim e Cindy, de St. Paul/Minneapolis para Beverly Hills. Uma nova cidade, uma nova escola, nada no começo foi fácil para os irmãos que aos poucos foram ganhando novos amigos e muitos problemas também! No final da quarta temporada Shannen Doherty (Brenda Walsh) acaba saindo da série e deixando muitos fãs entristecidos (eu!). Em seu lugar entra Tiffani Thiessen como Valerie Malone que fica até o final da série.

Barrados no Baile abordou temas como as drogas, gravidez na adolescência e suicídio. Para mais informações sobre a série CLIQUE AQUI

[youtube id=”FLEdmU3tDTY”]

Gossip Girl

Baseada na série literária homônima da escritora Cecily von Ziegesar, Gossip Girl recebeu muitas críticas positivas e muitas negativas! Foi um tipo de série ame ou odeie, dificilmente quem assistia conseguia ficar neutro em relação a ela – principalmente quem leu o livro.

A série falava sobre jovens estudantes ricos da cidade de Nova York, e começa quando Serena van der Woodsen (Blake Lively) volta de um internato. A história de cada personagem é narrada por uma blogueira anônima (voz de Kristen Bell), chamada de Gossip Girl (Garota Fofoqueira). No blog é possível descobrir os segredo de Serena e seus amigos, fazendo aquelas fofoquinhas de ensino médio parecessem piada! E claro, todo mundo queria descobrir quem era, afinal, a fofoqueira(o), fato revelado na temporada final. A série foi responsável pelo uso do X.O X.O por muita gente aqui no Brasil!

[youtube id=”gk6QuPkPy9Q”]

Blossom

Ok, é uma série de comédia, mas a protagonista só tinha 15 anos! Claro que todo adolescente acabava se identificando com a Blossom (Mayim Bialik de The Big Bang Theory), que era uma menina inteligente e sarcástica. Blossom morava com o seu pai, Nick Russo (Ted Wass), e seus irmãos, já que sua mãe foi embora para seguir carreira como cantora. Como qualquer adolescente, Blossom tinha que compartilhar a atenção do pai com o irmãos Joey (Joey Lawrence) e Anthony (Michael Stoyanov), um ex-viciado em drogas que luta para se recuperar.

A série teve apenas 5 temporadas, mas fez bastante sucesso aqui no Brasil.

[youtube id=”Mg7VHkzm0Aw”]

The Vampire Diaries

Em Mystic Falls, na Virgina, encontramos os irmãos vampiros Damon (Ian Somerhalder) e Stefan Salvatore (Paul Wesley) que tentam manter sua imortalidade em segredo e resistir à vontade de atacar seres humanos. Ambos conhecem Elena Gilbert (Nina Dobrev), uma linda e popular estudante e se apaixonam por ela, iniciando assim uma disputa entre os irmãos. A princípio o triângulo nem chega a se formar, mas com o passar da história as coisas vão mudando, principalmente porque todo mundo adora um bad boy vampiro. Ah os bonzinhos por vezes são muito chatos!

The Vampire Diaries surgiu numa época em que vampiros estavam em moda (Crepúsculo, oi!), embora a série seja baseada no livro que foi publicado bem antes disso.

[youtube id=”lWpkwFaB2Ls”]

Teen Wolf

Teen Wolf, com o protagonista super hot, precisava aparecer nesta lista. Ok, não é só por isso, mas sim porque lobisomens podem ser mais interessantes que vampiros, que sempre foram vistos com certa elegância e prepotência – enquanto os lobisomens são muito mais selvagens! Sem contar que a série é vagamente baseada no filme de Michael J. Fox (O Garoto do Futuro) de 1985.

Tyler Posey é Scott McCall, um estudante do ensino médio que é mordido por um lobisomem, tornando-se um deles, e precisa se adaptar à sua nova vida. Scott passa a ter a ajuda de Stiles (Dylan O’Brien), seu melhor amigo; Allison (Crystal Reed) que descende de uma família de caçadores de lobisomens; Lydia (Holland Roden) uma banshee e amiga de Allison; e Derek (Tyler Hoechlin), um lobisomem misterioso. No final da primeira temporada a série teve uma recepção bastante positiva, com alguns críticos considerando Teen Wolf o programa de melhor qualidade da MTV. Para mais informações sobre a série CLIQUE AQUI!

[youtube id=”gDHulxrDNa0″]

One Tree Hill

One Tree Hill no Brasil foi chamado de Lances da Vida, e eu juro que tentei acompanhar a série direitinho, mas não conseguia! Acho que já estava cansada do formato, mas também acho que deveria dar uma segunda chance e tentar assistir de novo (quem sabe na minha aposentadoria!). Apesar de muito comentada, a série não registrava grande números de audiência, mas tinha um público super fiel, em sua grande maioria adolescentes. A trilha sonora da série era ótima, e os títulos dos episódios foram baseados em títulos de músicas (algo que Shonda Rhimes também faz em Grey’s Anatomy).

A história mostrava a vida de Lucas Scott (Chad Michael Murray), um jovem de 16 anos que quer ser jogador de basquete. Lucas, claro, tem problemas familiares, uma vez que seu pai, Dan (Paul Johansson), nunca o aceitou como filho e, ao entrar no time de basquete da Tree Hill High, o rapaz precisa lidar com a pressão do pai e o temperamento forte do irmão, Nathan. Como se os problemas não fossem o suficiente, Lucas se apaixona por Peyton Sawyer (Hilarie Burton), namorada do irmão, e Brooke Davis (Sophia Bush), melhor amiga de Peyton, se apaixona pelo rapaz. Já Nathan, como “bom irmão”, usa Haley (Bethany Joy Galeotti), melhor amiga de Lucas, como alvo para atingir o garoto. Porém, seus planos dão errado e ele acaba se apaixonando pela moça. Viva a ciranda do amor!!

One Tree Hill trabalhou temas como gravidez, anorexia, abandono, adoção, drogas, bebidas, entre outros.

[youtube id=”OlqJ7sw9BeE”]

Glee

Glee foi uma explosão de sucesso, com adaptações musicais sempre incríveis, um bom romance adolescente e ótimas tramas! E olha que Rachel (Lea Michele) não é bem a protagonista mais carismática de todos os tempos…

A série mostra os alunos do clube de coral, o Glee Club, e seu professor, Will Schuester (Matthew Morrison) participando de competições e tendo que lidar com diversas situações, tais como: sexualidade, bullying, suicídio, gravidez, entre outros temas sempre polêmicos. Destaque para a personagem Sue Sylvester (Jane Lynch), sempre irônica, sarcástica e divertidíssima! E também para as inúmeras participações especiais como as de Demi LovatoGwyneth Paltrow, Kate Hudson e Sarah Jessica Parker.

A série foi criada por Ryan Murphy, o mesmo criador de American Horror Story e Nip Tuck! Depois da morte de Cory Monteith, Glee teve apenas mais duas temporadas; acho que é sempre difícil uma série continuar sem um dos seus protagonistas!

[youtube id=”jmeXFaTBlqo”]

The O.C

The O.C foi transmitida no Brasil pelo SBT e fez muito, muito sucesso na época! A série relata a história de um grupo de adolescentes e das suas famílias que vivem em Newport Beach, na Califórnia. Ryan Atwood (Benjamin McKenzie) é um adolescente bem problemático, que passa a viver com Sandy Cohen (Peter Gallagher), um advogado público idealista, na mansão com a família dele. Seth Cohen (Adam Brody) é filho de Sandy, um jovem apaixonado pela colega de escola Summer Roberts (Rachel Bilson), a popular patricinha. E não podemos nos esquecer de Marissa Cooper (Mischa Barton), a garota da casa ao lado dos Cohen e melhor amiga de Summer Roberts, que fica pobre quando seu pai, Jimmy Cooper, se envolve em um escândalo financeiro. Quem assistiu a série deve se lembrar bem da polêmica da sexualidade de Marissa!

The O.C lembrava muito séries como Barrados no Baile e Dawsons Creek, abordando temas adolescentes de modo bem mais profundo. A série também ficou conhecida por ter uma excelente trilha sonora e por ter tido a coragem de matar uma de suas protagonistas, fato que acabou fazendo com que o público perdesse o interesse pela história.

[youtube id=”-6Y5xdgHzbc”]

Dawson’s Creek

Dawson’s Creek passava na Rede Globo e foi outra série que fez muito sucesso entre os adolescentes! A história mostrava o sonhador Dawson Leery (James Van Der Beek) e seus amigos: Joey Potter (Katie Holmes), Jen Lindley (Michelle Williams), Pacey Witter (Joshua Jackson) e Jack McPhee (Kerr Smith). O roteiro é baseado na adolescência do próprio autor, (Kevin Williamson) e foi a porta da fama para quase todos os protagonistas do elenco! Afinal, antes de ser a ex-Cruise, Katie Holmes era apenas a menina Joey apaixonada pelo amigo Dawson e Joshua era apenas o melhor amigo do protagonista. Bem, na verdade, Pacey era aquele que quase todo mundo mais gostava da série!

A série tinha uma boa trama e também abordava temas adolescentes de maneira não superficial. Claro que a quadrilha amorosa entre os personagens acabou sendo marcante na história, mas não era o único foco do enredo.

PS: Detestava a personagem da Michelle Williams! Aliás, antes do mundo ser dividido entre Angelina Jolie e Jennfier Aniston, existia a dicotomia Jen e Joey!

[youtube id=”raGFI8pUau0″]

Escrito por Michele Lima

Michele Lima

Michele Lima, casada, formada em Letras, professora de espanhol, autora do blog O que tem na nossa estante, viciada em séries, filmes, livros e em animes!

322 posts