Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Game of Thrones S06E02 – Home

NA SEMANA PASSADA: The Red Woman não decepciona na volta de Game of Thrones

Cuidado, spoilers gigantescos!

O jogo

É tetraaaaaaaaaa!
Não vamos perder tempo com sinopses e vamos logo ao que interessa em Home, um episódio que acelerou as tramas da temporada, criou expectativas e, claro, nos deu o dom da vida novamente.

Boletim médico de Jon Snow

3

Morto por 54 minutos. Vivo(?) por 6 segundos.

Vamos fazer um minuto de silêncio para homenagear o extremo cuidado que a HBO teve para manter esse mistério até hoje. As entrevistas variaram em uma escala de vaga a completamente mentirosa (vocês viram o que a própria Melisandre falou para o Omelete?), e é assim que a gente fica sabendo que esse elenco é bom mesmo, porque ninguém deu bola fora em momento algum. A tevê saiu da era do “quem matou?” para a era do “morreu mesmo?” e agora Jon Snow inaugurou a era do “como vai voltar?”. Em tempos de concorrência absurdamente grande, uma grande série não precisa ser inovadora (mas Game of Thrones é) se souber reinventar clichês. Estamos testemunhando o nascimento de um novo tipo de mistério, e agora que foi feito com sucesso extremo, podemos esperar que se repita infinitas vezes por aí. Muito bem, Game of Thrones!

Já é hora de começar com as teorias sobre o futuro de Jon? Era de se pensar que trazer alguém de volta depois de múltiplas facadas fosse tomar muita energia, mas Melisandre não estava muito empolgada para a sessão. Isso quer dizer que ou ela é uma feiticeira bem melhor do que sabíamos e bem melhor do que ela própria acreditava, ou ela não teve nada a ver com a história e foi uma feliz coincidência. Talvez sua falta de esforço vá refletir na personalidade ressuscitada de Jon e ele se levante sem saber de nada (eternamente, Jon Snow). Talvez ele precise de um combo de magias para recuperar sua consciência humana. Talvez ele esteja inteirão, o que seria estranho, mas o que nessa série não é estranho? Pronto, fim das teorias sobre o futuro de Jon Snow.

Por mais que a volta de Jon mude o jogo (ele só esteve morto por dois ou três dias e a notícia não se espalhou além da própria Muralha), é a trajetória de Melisandre que mais vai ser afetada pelo fato. A feiticeira continuou com a descrença que mostrava em The Red Woman, e em Home ela coloca em palavras para Davos que está tendo dificuldade de acreditar no Lorde da Luz. Antes de Jon abrir os olhos, Melisandre deixa o quarto com a certeza de que o feitiço falhou, indo mais ainda em direção ao ceticismo. O encontro com Jon, vivinho da silva, pode ser o momento em que ela vai recuperar a fé. Ou não.

PS: Talvez eu deva pensar em renomear essa parte da crítica…

O momento mais mágico

Para evitar um Crtl+C, Crtl+V daí de cima, vamos falar do incrível retorno de Bran. Além de ter passado os dias embaixo da árvore tomando fermento, ele também andou tendo visões do passado (e quem sabe do futuro). No primeiro flashback da temporada, Bran visita a infância de seu pai e descobre uma valiosa informação: o Hodor falava! Então fica aí mais um questionamento, mais um grande mistério, mais um motivo para infinitas teorias. Ironias à parte, isso foi um detalhe especial, mesmo que ainda não saibamos se vai servir à história de alguma forma. Apesar de ainda estar deslocado dos núcleos centrais da trama, Bran está consciente da guerra que está por vir, e provavelmente vai se colocar na rota da bagunça em breve, ainda mais com Meera Reed fazendo delicados comentários sobre o fato dele estar parado (literalmente) diante dessa informação.

Contagem de corpos: 7 (-1)

4

Jon era um lindo corpo de mármore (Kit Harrington é ótimo ator!) e agora não é mais, então foram seis corpos que continuaram corpos até o fim de Home.

Em uma cena esclarecedora, o outro recém ressuscitado, o Montanha-Zumbi, enfia os miolos de um cidadão na parede só por ele ter feito uma piada com Cersei. Isso mostra duas coisas: 1) Montanha-Zumbi não brinca em serviço e 2) Montanha-Zumbi é a melhor chance que Cersei e Jaime têm de recuperar algum poder em Porto Real.

Jaime e Tommen estiveram presentes no funeral de Myrcella, infelizmente junto com o Alto Pardal e seus capangas, que fizeram questão que o acontecimento fosse um evento. Obrigada pelas pedrinhas de olhos, que sempre garantem um tom cômico mesmo nos momentos mais tristes da série. “Para nos lembrar de não temer a morte. Fechamos os olhos nesse mundo e abrimos no próximo”, o Alto Pardal explicou. Ahh, então é para isso. Eu aqui achando que era só para que os enterros tivessem bom astral mesmo…

Os personagens em Game of Thrones não costumam ser bons ou maus, a maioria deles é uma mistura de boas e más decisões, mas Ramsey é o ponto fora da curva, e ele nunca decepciona. Ele fará qualquer coisa para garantir seu reino, e ainda que para isso não fosse preciso matar mais ninguém além do herdeiro recém-nascido, o grande vilão da série preferiu não deixar pontas soltas e levou Roose Bolton e Walda Frey junto. Acho que isso faz de Ramsey o pior dos matadores de criancinhas dos Sete Reinos. Apesar de Ramsey ser expert em maldade, ele ainda precisa mostrar que tem a habilidade de governar para que seja considerado uma peça no tabuleiro.

Depois de Theon dizer que vai para casa, de onde saiu o nome do episódio, nós também vamos para a casa dos Greyjoy. Euron Greyjoy aparece para matar o irmão, Balon Greyjoy, assim instalando o caos nas Ilhas de Ferro. Com a morte do patriarca, Theon e Yara seriam os herdeiros legítimos, mas algo nos diz que não vai ser tão simples para eles subirem ao poder.

Decisões tomadas sob efeito do álcool: 1

Tyrion descer até a caverna dos dragões depois de duas taças de vinho foi uma decisão irresponsável, mas também foi a melhor decisão que ele poderia ter tomado. Aliás, esse vinho é dos bons, desses que sobe o fogo e logo dá vontade de arriscar a vida. A sequência em Meereen foi o alívio cômico em um episódio que teve uma estranha combinação de tensão e esperança. Tyrion é certamente um dos personagens com melhor senso de humor de toda a série, e sua conversa com os dragões foi engraçada, tocante e reveladora. Por que eles não o comeram? Talvez eles realmente entendam inglês, mas estou apostando mais no fato de que Tyrion não pode morrer, porque não há outra explicação cabível. O importante é que agora eles estão livres para encontrarem o irmão rebelde, Drogon, e partirem para o resgate de Daenerys.

A faca pelas costas: …

2

A melhor fala

1“Eu bebo e eu sei das coisas”
– Tyrion Lannister

Essa afirmação extremamente confiante coroou os diálogos de Meereen. Com essa gama de habilidades tão vasta, Tyrion continua provando que mesmo não sendo um líder nato, sempre será um conselheiro perfeito para um líder. Esperemos que ele ache alguém para aconselhar em breve, e talvez ele possa repetir outra de suas pérolas do episódio: “Não coma a ajuda”. Grandes lições, menino Tyrion, grandes lições.

Menção honrosa para a frieza de Cersei ao não olhar para Tommen, mas olhar para nós, ao dizer “Estou feliz em te ver”. Fotografia e roteiro combinados em um inteligente movimento, como sempre.

A jogadora da rodada: Arya Stark

Vou de Arya de novo, apesar dos recentes acontecimentos. Não estava dando para colocar muita fé na garota, mas agora vai. Ela está comprometida em se tornar ninguém, até rejeitou a possibilidade de recuperar a visão, e logo já foi recompensada por Jaqen H’ghar, que a aceitou de volta na Casa do Preto e Branco. Já que ele mencionou, começo a acreditar que a cegueira de Arya pode ser temporária, apesar de ser divertido ver ela aprendendo a lutar estilo Demolidor.

Nota: A++++++++

Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Escrito por Ana Carolina Nicolau

Ana Carolina Nicolau

Encarou cinco anos de Cálculo pesado para descobrir que preferia as letras aos números. Apesar dos esforços para se concentrar nas telonas, foi capturada pela fascinante tevê do século XXI. Mantém uma relação chove-não-molha com a sétima arte no site take148.net. Atualmente estuda para encontrar a solução ótima da equação "cinema + tevê + vida social = 24h". Tem quase certeza que esse deveria estar na lista dos 7 Problemas do Millennium.

98 posts