Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Doctor Who Especial – The Husbands of River Song

O texto abaixo contém SPOILERS

Todos os especiais de Natais de Doctor Who são bons, mas ter River Song (Alex Kingston) de volta é sensacional e olha que a princípio nunca fui mega fã dela, apenas depois de descobrir que ela era filha da Amy. Depois de uma nona temporada tensa e dramática, The Husbands of River Song foi excelente por adotar um tom mais divertido e descontraído.

Falar da River é inevitavelmente falar da nostalgia, já que é uma personagem mais antiga na série e foi interessante observar que a River não sabia quem era o Doctor, assim como o Doctor ficou por muito tempo sem saber quem era a River. Os encontros dos dois continuam sendo uma bagunça na linha do tempo!

The Husbands of River Song_

River está casada e não é com o Doctor, mas sim com um Rei (Greg Davies) que aparentemente está morrendo, só que River pouco se importa, ela só quer o diamante que está alojado em sua cabeça. Como uma boa arqueólogo, ela quer recuperar um item valioso e não se importa muito se o marido vai viver ou morrer, bem típico da River que conhecemos anos antes. No entanto, River sabe da existência do Doctor, ela só não sabe que ele tem um rosto diferente no momento! Já o Doctor fica bastante enciumado com os outros maridos da River, um dos poucos momentos em que vemos o protagonista com ciúmes! Além disso, foi bastante divertido ver o Doctor fingindo não conhecer a Tardis e se maravilhando por ela ser maior por dentro!

The Husbands of River Song

Durante todo o episódio vemos River e o Doctor fugindo com a cabeça do Rei enquanto o seu corpo tenta recuperá-la e para isso acaba usando outras. Também vemos novamente o diário da River, que é muito importante para ela. Foi a primeira vez que River se depara com o décimo segundo Doctor e gostei bastante da química entre Peter Capaldi e Alex Kingston, aliás, gostei mais da River com o doze do que dela com o onze (Matt Smith).

Doctor e River

The Husbands of River Song parece fechar o ciclo da River que começou com o décimo Doctor. Não é um episódio triste, mesmo com a River afirmando que o Doctor nunca a amou e eu sinceramente nunca achei que o Doctor sentisse por ela o mesmo que sentia por suas companions, principalmente a Rose ou a Clara. De modo geral, foi um dos melhores especiais de Natal que a série já apresentou, sendo um episódio cheio de reviravoltas, ação e comédia, mas o final, como quase sempre, consegue arrancar algumas lágrimas. É um final bonito, romântico e ao mesmo tempo triste, mas me pareceu um final digno para a River. Percebemos que o Doctor está mais conformado com a morte das pessoas que ama e que talvez seja assim que ele comece a décima temporada, afinal, todos nós morremos um dia e o Doctor melhor do que ninguém sabe disso.

Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Escrito por Michele Lima

Michele Lima

Michele Lima, casada, formada em Letras, professora de espanhol, autora do blog O que tem na nossa estante, viciada em séries, filmes, livros e em animes!

322 posts