Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

Conheça a possível trama de “Star Wars – O despertar da Força”

Se nossas expectativas estiverem corretas, este post contém SPOILERS!

Hoje especularemos sobre a trama de Star Wars – The Force Awakens, especialmente sobre o papel de Finn (John Boyega) como gatilho para os eventos do episódio sete. Como veremos a seguir, a importância deste personagem será crucial para o desenrolar da história, muito embora ele não seja o protagonista do filme.

Mas antes, fiquemos com uma frase importante de George Lucas a respeito da nova trilogia (episódios 1, 2 e 3). Tenham essa frase em mente, ela será muito importante para desvendarmos a trama de Star Wars – The Force Awakens.

"É como poesia, rima" LUCAS, George
“É como poesia, rima” LUCAS, George

Um Stormtrooper Jedi?

Com o lançamento dos dois primeiros teasers, muito se discutiu sobre a possibilidade de que ele seria um Stormtrooper que, por alguma razão, havia se separado (fugido, quem sabe) da Nova Ordem (forças remanescentes do antigo Império Galático) e que se tornaria o jedi da nova trilogia. Esse argumento se baseia nas imagens de Finn vestindo a armadura branca dos troopers no deserto e, posteriormente, dentro de um Star Destroyer. Quanto à possibilidade de Finn ser o novo aspirante a cavaleiro jedi, vários posters e os próprios trailers o retrataram empunhando o sabre de luz.

Faz sentido? Talvez, mas convenhamos, as coisas parecem meio fora de lugar, a história não rima como deveria.

Antes de destrincharmos a história de Finn, falemos de outro personagem, Poe Dameron (Oscar Isaac). Ele é, ao que tudo indica, membro da Resistência (antiga Aliança Rebelde) e um hábil piloto de X-Wing. Mas existe outro detalhe importante sobre ele, mais relevante neste momento do que todo o resto: a sua JAQUETA.

Este boneco de Poe Dameron veste uma jaqueta marrom com os ombros vermelhos
Este boneco de Poe Dameron veste uma jaqueta marrom com os ombros vermelhos
Nesta mesma imagem, podemos vê-lo com a mesma jaqueta marrom de ombros vermelhos
Nesta mesma imagem, podemos vê-lo com a mesma jaqueta marrom de ombros vermelhos

Memorizem essa jaqueta marrom com ombros vermelhos, ela é muito importante!

Voltemos a falar de Finn. Ele não é um Stormtrooper como tanto se especulou, é muito mais provável que ele seja uma espécie de espião da Resistência infiltrado no Star Destroyer juntamente com seu companheiro, Poe Dameron. Não acredita? Pois bem, vamos à sequencia dos fatos.

Finn e Poe são enviados como Stormtroopers disfarçados em uma missão secreta para coletar “algo” (planos secretos de uma nova arma definitiva, talvez?) da Nova Ordem. Mas as coisas dão errado…

Finn disfarçado de Stormtrooper em um Star Destroyer
Finn disfarçado de Stormtrooper em um Star Destroyer

Poe Dameron é Capturado e levado à presença de Kylo Ren

Poe Dameron sendo capturado
Poe Dameron sendo capturado

Enquanto Finn se vê obrigado a roubar uma Tie Fighter no hangar, explodir outras naves e fugir do Destroyer no qual ele e Poe se encontravam.

Tie Fighter atirando contra as naves e soldados da Nova Ordem no hangar
Tie Fighter atirando contra as naves e soldados da Nova Ordem no hangar

Entretanto, Finn não consegue ir muito longe, pois é atingido pelos canhões da poderosa nave inimiga e despenca no planeta deserto de Jakku (não, não é Tatooine desta vez).

A nave de Finn é atingida pelo Destroyer
A nave de Finn é atingida pelo Destroyer
E cai no planeta deserto de Jakku
E cai no planeta deserto de Jakku

Agora, lembra daquela jaqueta, pois bem, vejamos a sequência de imagens a seguir.

Após a queda, Finn se encontra perdido em um planeta desconhecido
Após a queda, Finn se encontra perdido em um planeta desconhecido
Finn com uma misteriosa jaqueta em suas mãos
Finn com uma misteriosa jaqueta em suas mãos
Finn vestindo a misteriosa jaqueta
Finn vestindo a misteriosa jaqueta

A pergunta que precisa ser feita é: Se ele fosse realmente um Stormtrooper, por que teria consigo uma jaqueta que claramente pertence à Resistência? Lembrem-se, o próprio Poe Dameron veste uma igual em diversos momentos. Logo, Finn e Poe são membros da Resistência numa missão secreta que dá errado. Corrobora com isso a fala de Finn em off no último trailer:

Eu fui criado para uma coisa… Eu não tenho nada pelo que lutar.”

Não, ele não estava falando sobre ser um Stormtrooper renegado, mas sim sobre ser um rebelde que falhou em sua missão, abandonando o seu companheiro para ser interrogado (e possivelmente torturado) por Kylo Ren, como vemos na imagem abaixo.

Poe Dameron sendo interrogado (?) por Kylo Ren
Poe Dameron sendo “interrogado” (?) por Kylo Ren (Saca só a jaqueta dele!)

Uma vez em Jakku, Finn entrará em contato com Rey (Daisy Ridley) poucos momentos antes de aquele pequeno povoado ser atacado por uma frota de Tie Fighters. Como já vimos, Rey é uma jovem garota que vive em um planeta deserto e vive colhendo sucata e peças de naves abandonadas e coisas do tipo (ou Scavenger, em inglês). E sim, ela provavelmente sera a escolhida, a jedi a ser treinada desta nova trilogia.

Lembram de quando eu falei sobre rimas e poesia? Pois bem, qualquer semelhança entre Rey e Luke Skywalker não é mera coincidência. Conhecendo o trabalho de J. J. Abrams em filmes como Star Trek (2009), um grande fan service, ele provavelmente repetirá a formula consagrada na trilogia clássica. Assim sendo vamos analisar brevemente a trama do episódio IV.

Em Star Wars – Uma Nova Esperança, existe um confronto no espaço ao redor do planeta de Tatooine. A nave da princesa Leia é invadida por Darth Vader e seu exército de Stormtroopers, mas ela consegue enviar dois droids com os planos da Estrela da Morte para o planeta. C3PO e R2D2 caem no meio do deserto e após alguns desencontros, seus caminhos se cruzam com os do jovem Luke Skywalker, um humilde fazendeiro de água que vive uma vida monótona, embora sonhe com vôos mais altos.

Entretanto, seguindo à risca a cartilha da jornada do herói, Luke exita em aceitar a aventura (representada pelos droids e o pedido de socorro da princesa). Ele encontra o seu mentor, Obi-Wan Kenobi, um velho eremita com conhecimentos das guerras e histórias do passado. Embora o herói continue exitante, o fato de os agentes do império assassinarem os seus tios (a única família que ele conhecia) dá a ele a motivação que faltava para embarcar de vez na luta contra o mal.

Ao que tudo indica o episódio VII terá a mesma estrutura, mas ao invés de droids, teremos Finn como arauto, ou seja, o mensageiro que leva a aventura até a exitante heroína. Vejamos a squência de imagens a seguir.

Rey estende as mãos para Finn
Rey estende as mãos para Finn
Mas logo em seguida são surpreendidos por algo
Mas logo em seguida são surpreendidos por algo
Uma frota de Tie Fighters se aproxima no horizonte
Uma frota de Tie Fighters se aproxima no horizonte
E ambos se vêem obrigados a fugir juntos do ataque iminente
E ambos se vêem obrigados a fugir juntos do ataque iminente
Finalmente se apresentando devidamente
Finalmente se apresentando devidamente

Observe que a ação que se segue ao momento em que Finn e Rey se encontram é bastante frenética e inesperada, de forma que eles só conseguem se apresentar devidamente dentro da lendária Millennium Falcon. E é justamente ali que eles encontrarão Han Solo, que será para Rey o mentor que Obi-Wan foi para Luke em Uma Nova Esperança.

Parafraseando George Lucas: “It’s like poetry… it rhymes!

Uma arma muito desejada

O sabre de luz que fora de Anakin e de Luke Skywalker será, muito provavelmente, o elemento que moverá a história a princípio. Kylo Ren claramente possui uma devoção religiosa aos símbolos sith do passado, vide o capacete de Darth Vader num “altar”. Não fosse suficiente o que os trailers nos mostram, os bonecos falantes também nos dão dicas da trama.

É o caso do boneco de Kylo Ren que diz: “Essa arma é minha!” Que arma? Bom, muito provavelmente o sabre de luz que aparece com Finn nos trailers e nos posters.

asdasdasd

A busca por essa arma provavelmente guiará o vilão no sentido de perseguir a nossa trupe de heróis que aparentemente está em posse do sabre de luz que pertenceu a Luke Skywalker.

O ato final

O ato final será, ao que tudo indica, uma batalha em um planeta gelado que provavelmente não é só um planeta. Observe a imagem abaixo.

sdggssgddag

Este planeta possui valas e mecanismos que muito se assemelham à Estrela da Morte, de forma que muito se tem especulado de que o planeta seja, no fim das contas, a arma definitiva destruidora de planetas do sétimo filme. Vide o poster do filme.

star-wars-force-awakens-official-poster

Pode ser que nada disso aconteça e de que nossas expectativas estejam completamente equivocadas. Em todo o caso, fique com uma imagem do personagem favorito de todos os tempos no universo maravilhoso de Star Wars:

jar-jar-binks-lucasfilm

Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Escrito por Felipe Augusto

Felipe Augusto

Estudante de Arquitetura e Urbanismo apaixonado por filmes, jogos e séries. Meu ponto fraco é o meu amor por dinossauros. Não importa o quão ruim um filme seja, se tiver dinossauros eu vou assistir e provavelmente gostar.

23 posts