Compartilhar, , Google Plus, Pinterest,

Posted in:

8 fatos sobre Star Wars que você provavelmente não sabia

Não tem nem o que discutir: Star Wars é a maior franquia de ficção científica da história. Mas, apesar dos mais de 30 anos de existência, ainda é possível encontrar curiosidades novas nesse universo tão vasto. Então, reunimos aqui 8 dessas curiosidades que apenas os maiores fãs irão conhecer.

Han Solo “diferente”

hansolo_lizard_1_2

Na primeira versão do roteiro de Star Wars, Han Solo, o contrabandista mais amado da galáxia, foi pensado um pouco “diferente” por George Lucas. No começo de tudo, Han Solo não era o “galã” humano que viemos a conhecer, mas a ideia original era fazer com que o personagem fosse uma espécie de alienígena reptiliano gigante, com mais ou menos a altura do Chewbacca. E quem confirma isso Randy Stradley, editor que trabalhou com George Lucas desde o início da saga: “Eu não tenho certeza de quando foi a primeira vez que eu li sobre Star Wars – afinal, fazem muitos e muitos anos – mas a ideia original era que Luke Skywalker fosse um velho General Jedi e Han Solo um réptil de 2 metros de altura”.

Fazendo valer o “QI”

1202865_Robert-Englund

Mark Hamill teve de usar de todo seu “QI” para conseguir o papel de Luke Skywalker – no caso, o velho conhecido “Quem Indica” de quem já procurou um emprego na vida. Mark só conseguiu participar das audições para o filme por conta de seu amigo Robert Englund, que convenceu os produtores a dar uma chance pro garoto que, apesar de não ter nenhuma experiência com papéis importantes no cinema ou na TV, tinha futuro. Mark conseguiu o teste se tornou o protagonista da maior saga de ficção científica de todos os tempos enquanto Robert, alguns anos depois, conseguiu o papel que marcou sua carreira – Freddy Krueger.

A aposta

Steven-Spielberg-George-Lucas

Ainda durante a produção do filme, o diretor Steven Spielberg apostou com George Lucas que Star Wars serie um filme muito maior do que Encontros Imediatos de Terceiro Grau, o filme de alienígenas de Spielberg que era, até então, a grande sensação do ano de 1977. Lucas aceitou a aposta, achando que nunca uma produção quase independente como a dele conseguiria bater um blockbuster de um diretor renomado. Bem, o resto da história a gente já sabe né… o primeiro Star Wars acabou se tornando não somente o filme do ano como um dos maiores filmes de todos os tempos, e Lucas teve que dar a Spielberg 2,5% dos lucros que o filme arrecadou com bilheteria. É isso que dá não confiar no próprio taco.

A multa

maxresdefault

Antes mesmo do filme gerar lucro George Lucas já teve que pagar uma multa pesada. Assim que o filme foi lançado, o Sindicato dos Diretores de Cinema dos EUA multou Lucas em U$250 mil por causa do filme não trazer os créditos com nomes do elenco e da equipe de produção já na abertura. George pagou a multa, saiu do Sindicato e criou uma das aberturas mais icônicas da história do cinema.

O Lado Negro da vida real

david-prowse-star-wars

Todos sabemos que a voz icônica de Darth Vader é a de James Earl Jones, mas quem interpreta o vilão dentro da armadura – e que o rosto que vemos quando Luke tira a máscara dele no final de O Retorno de Jedi é do ator Sebastian Shaw mas, incrivelmente, nenhum desses dois atores é quem estava dentro da armadura, interpretando o personagem. Esse papel ficou com o ator inglês David Prowse, que foi escolhido menos por sua habilidade de interpretação e mais por seu porte físico, já que Prowse tinha quase dois metros de altura e era campeão de halterofilismo, garantindo que ele conseguisse fazer facilmente um Darth Vader fisicamente intimidante. Só que, apesar de ser uma das peças-chave do elenco, Prowse e Lucas nunca tiveram uma relação muito boa. Prowse já reclamou publicamente de George Lucas por conta de seu salário, falando que recebeu muito pouco por sua participação nos filmes e não foi colocado no meio da partilha dos lucros de bilheteria que os outros atores receberam. Além disso, essas críticas se tornaram ainda mais constantes depois do terceiro filme, quando Lucas decidiu que não só a voz dele não iria ser utilizada no longa como, na única cena em que o rosto de Vader apareceria, ele iria contratar um outro ator (Shaw) para ser o vilão, relegando ao esquecimento o ator que ficou dentro da armadura durante os três filmes da trilogia. Então, Prowse já tinha razão para reclamar, mas ele ganhou ainda mais motivos quando Lucas, que ficou “de saco cheio” das reclamações do ator, proibiu ele de ir em qualquer evento ou convenção vestido de Darth Vader, tirando dele o único método de ganhar dinheiro com o trabalho que havia feito em Star Wars. É, o Lado Negro também seduz as pessoas na vida real.

O incêndio

p027vdrr

No final dos anos 70, a sequência do primeiro filme (O Império Contra Ataca) acabou sofrendo um atraso inesperado nas gravações. Isso aconteceu porque o set que seria utilizado pegou fogo durante o final das gravações de O Iluminado, num prejuízo de milhões de dólares e que obrigou a produtora a reconstruir grande parte dos seus estúdios.

Remix selvagem

Chewbacca-starwars

A som marcante que Chewbacca faz quando fala não é um som específico de nenhum tipo de animal ou instrumento, mas uma mistura dos grunhidos de um urso, um leão marinho e de um texugo gritando ao mesmo tempo.

Sucesso inesperado

swtoys_02

Já sabemos que Spielberg conseguiu prever o sucesso de Star Wars muito melhor do que Lucas, e a falta de confiança no próprio taco do diretor acabou gerando um outro problema: a falta de merchandising. As pessoas iam para as lojas de brinquedo atrás de bonecos dos personagens de Star Wars, mas eles simplesmente não existiam! E a saída das lojas foi algo impressionante: elas imprimiram versões em papelão das fotos promocionais dos bonecos que ainda não tinham sido produzidos, vendendo essas fotos aos clientes como “vale-compra”, dizendo que, assim que os bonecos chegassem à loja, era só o cliente trazer o papelão dele e trocar pelo boneco que havia comprado.

Escrito por Rafa Noia

Rafa Noia

Estudante de jornalismo da Unesp Bauru. Como cresceu sendo um gordinho nerd que sofre bullying, é viciado em qualquer coisa que possua dragões, naves ou super-heróis, e não tenta nem um pouco fugir do clichê do gordo nerd. Passa muito tempo jogando joguinhos e mais ainda assistindo séries, apesar do desejo oculto de querer usar todo esse tempo para dormir.

311 posts